Pesquisa de opinião

7 Comentários

Ontem, sexta-feira, eu estava lá no rodoviária de Campinas esperando o ônibus pra Caconde quando uma mulher veio falar comigo. Ela era contratada pela Viação Santa Cruz para fazer uma pesquisa de opinião com os usuários das linhas.

Eu, como estudante de Estatística e talvez futura planejadora de pesquisas de opinião, respondi o questionário com prazer, e a mulher fez todas as perguntas direitinho, sem tentar prever minhas respostas e deixando eu ver as opções para poder escolher a que melhor expressva a minha opinião. ^^

Acontece que na primeira cidade que o ônibus pára depois de Campinas, São João da Boa Vista, uma outra mulher, também contratada para fazer a pesquisa de opinião da viação, entrou no ônibus e começou a entrevistar as pessoas e eu acabei ouvindo a entrevista das pessoas que estavam sentadas próximas de mim.

A mulher não fazia todas as perguntas, as mais demoradas ela simplesmente respondia pelo entrevistado, e em grande parte das perguntas que ela fazia, ela tentava prever a resposta da pessoa! Não pode! D=

Agora fica a pergunta: a segunda mulher tava com preguiça de fazer todas as perguntas ou ela foi mal treinada?

Anúncios

7 comentários sobre “Pesquisa de opinião

  1. Mas não entendi porque você não comentou o real problema da pesquisa: a amostra não é aleatória! A menos que eles não queiram fazer inferência (mas o que eles poderiam querer fazer com esses dados), de que adianta a entrevistadora fazer tudo direitinho se eles entrevistam as pessoas de forma não aleatória?

    Eu não acredito na maior parte das pesquisas de opinião por causa disso. Elas raramente são aleatórias e raramente são corrigidas.

    Apenas para apontar alguma fonte de viés na amostra:
    pode haver correlação entre o horário do ônibus e as opiniões das pessoas (pessoas que viajam À noite podem estar mais cansadas e isso deve interferir na avaliação delas), jovens podem ter menos refeRências e, portanto, avaliar melhor!

    E sabe o que é pior? Não sei como eram as perguntas, mas se fossem do tipo concordo muito, pouco, discordo muito, pouco, em geral supõem que as variáveis são contínuas e proporcionais (isto é, concordo muito é 4 x maior que discordo muito) e que todos usam a mesma escala (o meu discordo é o mesmo que o seu discordo). Porém, raramente isso é válido.

  2. Podia ser até as duas coisas, mais o fato dela estar cansada, depois de muitas horas fazendo isso, aí ela queria acabar logo mesmo =/

  3. Pode ser os dois… Não conheço a senhorita.
    Como não conheço ela, as probabilidades ficam nebulosas.
    Vc já deveria saber isso hein xDDD
    =B

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s