Ópera de Pássaros

1 Comentário

Chacal

A objetividade da fotografia é uma falácia.
Erram os que acham que ela retrata o real.
O que há é que quando o fotógrafo diz:
– Olha o passarinho!
Uma ave de asas oblongas sai de dentro do olho da câmera
Com um embornal de pinceizinhos e uma paleta de cores
Sobrevoa a cabeça do fotógrafo
Sobrevoa a cabeça do fotógrafo
E pousa sobre seu ombro esquerdo.
De lá, pinta a cena.
Em suma, a fotografia é uma ópera de pássaros.

Anúncios

Um comentário sobre “Ópera de Pássaros

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s