XII Encontro Nacional Valinor

2 Comentários

Meu Nacional começou sábado de manhã quando busquei Alinde e Cassinhano no metrô, levei pra casa e fiz café. Batemos papo e depois Cassinhanu ficou tirando fotos enquanto Alinde e eu fazíamos as unhas. Aí esperamos Roberta e Ly buscarem Rômulo em Garulhos e passarem aqui em casa para deixar malas e depois serguirmos para Liberdade. Neithan, Cass e eu somos frescos e fomos comer no Subway enquanto Robs, Ly, Alinde e Romis ficaram no Chi Fu acompanhados de Amanda Santos. Café e Thanatos foram no Subway tbm, mas só pra bater-papo.
Depois fomos para a casa do Hero com a turminha do barulho que apronta altas confusões, onde Hero começou o processo de embebedar o Paganus e o Gnomo descobriu que, se perguntarmos o significado de “copa” para 5 pessoas, conseguiremos 5 significados diferentes. Na volta, Fingol se perdeu tentando chegar na Vila Prudente, mas no final deu tudo certo e todos chegaram vivos em casa, inclusive o Vëon, já que passamos perto da casa dele.

Domingo de manhã ligamos pra Cléu, que estava com a porra na boca, mas é limpinha, e depois toquei umas musiquinhas no teclado enquanto o povo se arrumava. Enturmamos com a prima do Indu enquanto esperávamos no metro e depois rumamos para o local do encontro. Entreguei o livro do Fingol e fui logo conhecer meu nolyon, Clown or Minstrel, e fazê-lo socializar um pouco. Joguei pique-bandeira no time que contava com: Amanda Santos, Rique, Marco, Fingol, Gnomo, filho do Neithan, Gabi, Paganus e Clown (faltou alguém?). No finalzinho do jogo, Lissa trombou com Fingol e machucou o joelho. Nada grave, mas as mulheres fizeram os homens presentes carregá-la para fora do campo. Ganhamos, mas paguei pau pro ponto que Hero fez sozinho para o time adversário. Ajudei no esquema de fazer Gabi e Cassinhanu perderem a timidez e ficarem juntos logo. Depois fui jogar Perfil, que era interrompido toda vez que Amanda Santos pedia truco.

Segunda de manhã Rômulo e eu fizemos cookies enquanto Alinde estudava e Liliã ficava à toa. A chuva atrapalhou a visita à Galeria do Rock, então fomos pro Santa Cruz, o que foi bom pra ver Gabi mais uma vez e matar a fome. Levei cookies para a Gabi pq era aniversário dela. Depois passamos em casa para pegar a mala da Alinde e fomos para o Prainha, esquecendo os guardas-chuva em casa (em nossa defesa: não estava chovendo na Vila Prudente). Chegamos ensopados no bar. Não ficamos até tarde pq Alinde tinha que ir pra rodoviária. Triste.

Terça choveu o dia inteiro, então Ly, Romis e eu nem saímos de casa. Ficamos aqui assistindo a Gremlins e comendo pipoca. Aí Robs e Led chegaram e levaram os dois embora. E fiquei só de novo.

Já estou com saudades ><

Anúncios

2 comentários sobre “XII Encontro Nacional Valinor

  1. Lika ficou feliz em ter te visto, mesmo tendo sido tudo rapidoaomesmotempoagora! =D
    Acabei não indo em nenhum dos dois encontros, fui viajar com a família, mas um tiquinho antes quis passar no Chi Fu só pra dar abraços mesmo! Quem sabe em sub-encontros temos tempo pra papear, né? Por enquanto vou ficar com as descrições de como foi tudo hehe beeeeeeeeijos

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s