Cavalleria Rusticana

Deixe um comentário

Cavalleria Rusticana é uma ópera de um ato só, escrita por Pietro Mascagni. Em 1888, o editor Edoardo Sonzogno anunciou um concurso aberto a todos os jovens compositores italianos que ainda não haviam apresentado uma ópera. Os participantes deveriam escrever uma ópera de um único ato, e as três melhores produções (escolhidas por um juri composto de cinco importantes múcos e críticos) seriam apresentadas em Roma com o patrocínio de Sonzogno. Pietro viu neste concurso a oportinidade de finalmente ser reconhecido como compositor.

Ingresso!

Meu resumo da ópera:
A história começa com Santuzza perguntando a Mamma Lucia onde está o filho desta, Turiddu, noivo daquela. Mamma diz que ele foi comprar vinho numa outra vila. Aí chega Alfio e diz que viu Turiddu perto de sua casa. Mamma acha estranho mas Santuzza não a deixa falar nada. Alfio segue seu caminho.
Passa a procissão de Domingo de Páscoa. Mamma pergunta a Santuzza o que está acontecendo. Santuzza conta que, antes de partir como soldado, Turiddu jurou fidelidade eterna a Lola mas, quando voltou, Lola estava casada com Alfio. Turiddu então se consolou com Santuzza. Mas Lola ficou com inveja da felicidade de Santuzza com Turiddu e seduziu o antigo namorado, partindo o coração de Santa.
Turiddu chega e Santa o coloca contra a parede, acusando-o de traição. Ele desconversa e vai com Lola para a missa.
Alfio, que ainda não tinha encontrado Lola, aparece e Santuzza conta tudo pra ele. Ele jura vingança.
Depois da missa, todos vão festejar. Turiddu oferece vinho para Alfio, mas este recusa dizendo que a bebida pode estar envenenada. Alfio deixa claro que sabe da traição e convoca Turiddu para um duelo. Turiddu se despede da mãe e pede para ela cuidar de Santa.
Santuzza está conversando com Mamma quando alguém chega com a noticia de que Turiddu morreu.

Sou culta, dá licença.

Ah, o Theatro Municipal… lindo lindo lindo!
Foi uma ópera em concerto, ou seja, sem cenários e figurinos, mas com orquestra completa!
Não tenho com o que comparar, então simplesmente amei a orquestra e o coral do Theatro Municipal. Lola foi maravilhosa. Turiddu, Mamma e Alfio, ótimos. Uma mulher sentada do nosso lado disse que a Santuzza já foi melhor, quando era mais nova, e algumas pessoas a vaiaram.
Consegui lugares na fileira da frente do balcão superior, e não tenho reclamações sobre o lugar.
A única coisa que me desagradou um pouco é que as legendas estavam muito resumidas e às vezes cortavam 2/3 da fala dos personagens.

No final eu tava assim =B

Libretto online

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s