Vale a pena?

3 Comentários

Você está apaixonada e parece estar sendo correspondida. Você está feliz.
Você pensa que vai aproveitar todas as horas que podem passar juntos, mas ele marca um encontro com os amigos e só avisa em cima da hora que você vai passar o sábado sozinha.
Ele planeja as férias com semanas de antecedência, mas não conta para você, que só fica sabendo que ele passou duas semanas em Nova York quando ele já está prestes a voltar para o Brasil. Ele diz que não é bom em comunicação.
Você pensa que ele percebeu o quanto você sofreu e que aquilo não vai se repetir. Você o ama e quer ficar com ele de qualquer jeito.
Ele some de novo, e quando você acha que não tem mais lágrimas para chorar, ele dá sinal de vida, diz que está na Europa e mais uma vez culpa a “inabilidade de comunicação”.

Você ainda o ama. Você ainda o quer. Mas vale a pena?

Vicky Cristina Isabel

Deixe um comentário

No filme, Vicky e Cristina são amigas que vão passar uma temporada em Barcelona. Vicky está noiva e tem medo de terminar seu relacionamento supostamente estável para se envolver com um artista charmoso que ela mal conhece. Cristina é mais espontânea (impulsiva), mas não sabe o que quer da vida. Ela só sabe o que não quer.

Há mais ou menos um ano atrás, eu estava na situação da Vicky mas, ao contrário dela, o cara por quem eu teria terminado meu namoro não queria nada comigo (normal, fui rejeitada durante toda a minha adolescência). O namoro continuou, mas depois de alguns meses eu não estava feliz. Não era aquilo que eu queria.
Depois do fim do namoro eu já me envolvi com outros dois caras (um só pela internet, outro na ‘vida real’), mas também não fiquei satisfeita, com nenhum dos dois.

No último sábado, estava com um amigo na Fnac quando vi o dvd do filme e falei pra ele: “quando eu vi o filme, eu me identifiquei mais com Vicky, mas agora estou mais pra Cristina”…
Pois é, eu sei o que não quero.

Mulher brasileira

5 Comentários

Toda vez que o tédio atinge níveis críticos eu resolvo dar mais uma chance ao Omegle pra ver se encontro mais algum estrangeiro legal pra conversar e treinar meu inglês. O problema é que quase todas as conversas seguem o seguinte roteiro:

Stranger: hey
You: hi
You: how are you?
Stranger: good, u?
You: fine ^^
Stranger: male or female?
You: female
You: you?
Stranger: cool
Stranger: male
Stranger: where r u from?
You: Brazil
Stranger: cool
Stranger: brazilian women are hot

Estereótipos FTW! ¬¬