Sintonia

1 Comentário

Sentei na cama e pensei em imitar o gif:

– Não durma, – ele disse, antes que eu me mexesse.
– Não leia meus pensamentos!, – respondi espantada.

Anúncios

Casamento

3 Comentários

Ultimamente minha timeline tem sido bombardeada com fotos de casamento e anúncios de noivado e dicas e etc. Pessoas mais velhas e mais novas que eu, conhecidos e desconhecidos. Poderia até dizer que estou na fase “meus amigos estão se casando”, mas na timeline os amigos são poucos e os conhecidos são maioria. Anyway, às vezes me pego pensando sobre o assunto, e a conclusão é sempre a mesma: sou nova demais. Ainda tenho muito o que fazer, muito o que conhecer.
Isso não quer dizer que não quero compromisso. Tenho um namorado e o quero do meu lado enquanto estiver “fazendo e conhecendo”. Tenho muita vontade de viajar com ele. Mas, depois, quero poder voltar para a minha casa e poder curti-la sozinha. Bem coisa de quem já se acostumou a morar sozinha e fica incomodada quando a visita chega na hora errada e/ou demora muito pra ir embora. Ainda prezo por minha privacidade (e por minhas manias =P).
A questão é quem nem todos esses casamentos a minha volta me deixam feliz. Como espectadora, e com conhecimento parcial da história de cada um, às vezes acho que é cedo demais para alguns, que eles deviam pensar mais no assunto, que… Quem sou eu para me intrometer, né?

Algumas pessoas perguntam porque não fui morar com o namorado aqui no Rio de Janeiro. Tenho vontade de responder que quero que este relacionamento dê certo e dure pra sempre =)

Vicky Cristina Isabel

Deixe um comentário

No filme, Vicky e Cristina são amigas que vão passar uma temporada em Barcelona. Vicky está noiva e tem medo de terminar seu relacionamento supostamente estável para se envolver com um artista charmoso que ela mal conhece. Cristina é mais espontânea (impulsiva), mas não sabe o que quer da vida. Ela só sabe o que não quer.

Há mais ou menos um ano atrás, eu estava na situação da Vicky mas, ao contrário dela, o cara por quem eu teria terminado meu namoro não queria nada comigo (normal, fui rejeitada durante toda a minha adolescência). O namoro continuou, mas depois de alguns meses eu não estava feliz. Não era aquilo que eu queria.
Depois do fim do namoro eu já me envolvi com outros dois caras (um só pela internet, outro na ‘vida real’), mas também não fiquei satisfeita, com nenhum dos dois.

No último sábado, estava com um amigo na Fnac quando vi o dvd do filme e falei pra ele: “quando eu vi o filme, eu me identifiquei mais com Vicky, mas agora estou mais pra Cristina”…
Pois é, eu sei o que não quero.